Coordenadoria de Extensão

A Coordenadoria de Extensão (COEX) é responsável pelo gerenciamento das atividades de Extensão Universitária realizadas na Universidade Federal do Paraná – UFPR, por intermédio do SIGEU – Sistema Integrado de Gestão da Extensão Universitária. A COEX coordena, orienta, supervisiona e certifica as atividades, que são aprovadas pelo CAEX – Comitê Assessor de Extensão.

 

Coordenadora de Extensão

Profª. Drª. Maria Virgínia Filomena Cremasco

 

Contato:

coex@ufpr.br

(41) 3310-2756

Giovana Candiotto 

Rosane Schlichta 

O QUE É EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA?

A Extensão Universitária é um processo interdisciplinar educativo, cultural, científico e/ou tecnológico e político que articula o ensino e a pesquisa de forma indissociável e viabiliza a relação transformadora entre a Universidade e os demais setores da sociedade.


O escopo é construir conhecimento que permita a superação da desigualdade e da exclusão social, contribuindo para uma sociedade mais justa, ética e democrática. Os resultados das atividades extensionistas reafirmam e materializam os compromissos éticos e solidários da Universidade Pública brasileira.

As atividades de Extensão devem obedecer aos cinco princípios definidos pelo FORPROEX - Forum de Pró-Reitores de Extensão de Universidades Públicas: Impacto e Transformação Social, Indissociabilidade Ensino-Pesquisa-Extensão, Interdisciplinaridade e Interprofissionalidade, Interação Dialógica e Impacto na Formação do Estudante.


IMPACTO E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

Estabelece o norteador da atuação extensionista em direção ao respeito pelas características, necessidades e interesses da comunidade onde as ações se realizam, visando criar condições para consolidar atividades que contribuam para seu desenvolvimento, para o desenvolvimento regional e para o fortalecimento de políticas públicas.

A intervenção deve focalizar as questões prioritárias, com abrangência suficiente que permita atuar de forma integrada com a comunidade, tornando-a autônoma e capaz de manter ações comprometidas com a mudança social.

Conforme a Política Nacional de Extensão Universitária, a expectativa é que "a Extensão Universitária contribua para o processo de (re)construção da Nação, uma comunidade de destino, ou de (re)construção da polis, a comunidade política. Nesse sentido, a diretriz Impacto e Transformação Social imprime à Extensão Universitária um caráter essencialmente político".


INDISSOCIABILIDADE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

A "Indissociabilidade Ensino – Pesquisa - Extensão reafirma a Extensão Universitária como processo acadêmico, vinculado ao processo de formação de pessoas (Ensino) e de geração de conhecimento (Pesquisa)".

A indissociabilidade permite atuar a partir dos pilares da formação acadêmica, compreendendo que a intervenção (característica da Extensão) não pode prescindir de sólidos fundamentos teóricos, advindos do conhecimento gerado pela Pesquisa e integrante das atividades de Ensino. Ou seja, uma intervenção transformadora depende da Pesquisa e do Ensino integrados nas atividades formativas e ao mesmo tempo, as intervenções despertam novas perguntas que direcionam a investigação, fomentando pesquisas que contribua para a transformação social; e os conhecimentos, metodologias e resultados advindos das atividades extensionistas devem ser estruturadas como unidades de ensino, incrementando as atividades didáticas e contribuindo para a formação cidadã dos estudantes.


INTERDISCIPLINARIDADE E INTERPROFISSIONALIDADE

Compreendida em sentido amplo considera, principalmente, a contribuição de áreas e metodologias complementares para o alcance dos objetivos das atividades extensionistas.

Para promover mudanças sociais, a intervenção na realidade deve permitir a interação de conceitos e metodologias advindos de várias disciplinas e áreas do conhecimento, e também fomentar parcerias intersetoriais, interorganizacionais e interprofissionais.


INTERAÇÃO DIALÓGICA

Significa compreender que a relação transformadora que se pretende com as atividades extensionistas deve considerar as demandas dos parceiros, das comunidades interna e externa, das diferentes áreas de conhecimento e do contexto onde as ações são desenvolvidas. Significa que todas as ações devem articular conhecimentos e expectativas da comunidade parceria e da UFPR. Portanto, o planejamento, a execução e a avaliação das ações devem ser realizados de forma compartilhada e, sobretudo, obedecendo aos preceitos éticos envolvidos nas intervenções com seres humanos ou animais.


IMPACTO NA FORMAÇÃO DO ESTUDANTE

As atividades de Extensão Universitária são decisivas para a formação do estudante, por instigarem a ampliação dos referenciais teóricos, metodológicos e interdisciplinares no contexto das comunidades onde atuam e, principalmente, por fomentar o contato direto com os grandes problemas contemporâneos.

 "Como preconizado na Constituição de 1988 e regulamentado pelo PNE, a participação do estudante nas ações de Extensão Universitária deve estar sustentada em iniciativas que viabilizem a flexibilização curricular e a integralização de créditos logrados nas ações de Extensão Universitária", conforme expresso pela Política Nacional de Extensão Universitária.

Pró-Reitor:
Prof. Dr. Leandro Franklin Gorsdorf

 

Trav. Alfredo Bufren, 140 - 3º Andar
curitiba - paraná - cep:80020-240
Fone: (41) 3310-2601
Fax: (41) 3310-2607
proec@ufpr.br


Problemas e/ou sugestões para com este Site encaminhe e-mail para unigraf@ufpr.br

PROEC 1990 - 2017 © todos os direitos reservados | desenvolvido por unigraf/proec - wmv