CoC - Agenda dos Grupos Artísticos da UFPR

Coordenadora de Cultura
Profª Dra Claudia Madruga Cunha

 

Contato:
cultura@ufpr.br
(41) 3310-2763

 

Durante todo o ano, os Grupos Artísticos da UFPR promovem espetáculos de teatro, música popular brasileira, coro erudito, música orquestrada e dança moderna em diversos espaços culturais, dentro e fora da Universidade. São apresentações gratuitas, resultado de uma série de pesquisas, práticas e ensaios, que circulam entre os mais variados públicos. A participação nos Grupos Artísticos é aberta a toda comunidade, sem cobrança de taxas ou mensalidades.

 





 

 

 

MOSTRA DE TEATRO DA UFPR
(Mostra de Resultados dos Cursos de Extensão em Teatro)

 


14 a 17 de dezembro
TEUNI-Teatro Experimental da UFPR
Prédio Histórico – 2 andar
Entrada Gratuita
(link do Evento: https://www.facebook.com/events/129503744409004/?active_tab=about)

 

Programação:
14/12 – 20h  FIM DE FESTA (Arte Dramática II)
15/12 – 20h  CASOS PARTICULARES (Arte Dramática I)
16/12 – 15h  FIM DE FESTA (Arte Dramática II)
20h  CASOS PARTICULARES (Arte Dramática I)
17/12 – 19h  SOCIEDADE DOS RATOS (PalavrAção Cia de Teatro)

 

Espetáculo: FIM DE FESTA (Curso de Teatro: Arte Dramática II)
Texto: Paula Butture e Celso Landolfi (inspirado livremente em Charles Bucowiski)
Direção: Sergius Ramos          
Assistente de Direção: Celso Landolfi
Iluminação: Sergius Ramos
Produção: Maisa Ribeiro, Paula Butture, Sabrina Marques e Robson Colaço
Elenco: Celso Landolfi, Emanuela Bernardim, Fabiano Hatori, Mônica Ferreira, Nathalia Cavalcante, Ralph Souza, Sabrina Marques
Sinopse:
Entre idas e vindas, tudo muda, tudo se cruza de alguma forma. As pessoas de apaixonam, se desapaixonam. Nessas idas e vindas, os olhares se cruzam, as bocas se encontram os corpos se satisfazem e a alma sorri. Mulheres e homens em busca da felicidade, do prazer e do sexo permeiam esse universo de realidades. Inspirado livremente em Bukowski, Fim de Festa mostra as relações de forma livre, sublime e a maioria das vezes superficial.
Recomendação 16 anos. Contém cenas de nudez.

 

Espetáculo: CASOS PARTICULARES (Curso de Teatro: Arte Dramática e o Teatro de Comédia)
Texto e Direção: Roberto Inocente
Iluminação e Som: Laís Salgueiro
Elenco: Aline de Cássia Bernardino, Daniel Faria Patire, Giovana Quiroga Souza, Giovanna Saltori, Hiago Wonsowicz Padilha, Laryssa Musy da Silva, Maisa Ribeiro, Marcelo de Avila Alves, Willian Oliveira da Silva.
Sinopse: Em uma noite de greve dos telefonistas, as linhas telefônicas cruzaram-se. Todos podiam ouvir as conversas dos outros e também intervir. Logo começou um alvoroço geral. Eram pelo menos 10 pessoas em uma mesma conversa... Ou eram mais? Quantos e quantas poderiam estar a ouvir essa estranha ligação tampando o microfone dos seus aparelhos telefônicos para que ninguém ouvisse suas respirações, risadas, choros, suspiros, sustos. Sob o véu do anonimato que a situação criava, cada um começou a contar sua história. Cada qual apresentava um caso particular; onde as histórias, personagens, vidas, entrecruzavam-se pelas linhas telefônicas de uma noite em que houve a greve dos telefonistas.

 

Espetáculo: SOCIEDADE DOS RATOS (PalavrAção Cia de Teatro da UFPR)
Texto e Direção: Marcelo Felczak          
Iluminação: Sergius Ramos
Produção: Maisa Ribeiro, Mateus Viudes e Janaina Santos
Elenco: Ana Superchinski, Andressa de Lima, Arthur Firmino, Danilo Pedrosa, Edilaine Maciel, João Winch, Marcel Henrique Sobrinho, Nicolas Wolaniuk, Sabrina Marques.
Sinopse:
Amo Supremo, o líder dos Ratos, quer impedir que os ratos de esgoto disseminem ideias revolucionárias entre as cobaias do laboratório. Mas tudo fica complicado quando os subordinados responsáveis por conter os avanços da utopia dos esgotos são atrapalhados, dispersos e colocam seus desejos individuais acima de suas responsabilidades. Uma comédia crítica ao comportamento humano contemporâneo, usando o antropomorfismo para traçar paralelos entre humanos civilizados dos anos 2000 e ratos vivendo em um laboratório de experimentos.

 

Coro da UFPR – “Requiem de Dvořák”

 

O Coro da UFPR apresenta, nessa última temporada de 2017, o Requiem de Dvořák. A obra, composta em 1891 para o Festival de Música de Birmingham, faz uma profunda reflexão sobre os mistérios da vida e da morte. Sua abordagem original foge ao senso comum a respeito destas duas realidades, buscando demonstrar a continuidade da consciência nos dois estados. O concerto será realizado de 6 a 9 de dezembro, em duas partes, com intervalo de dez minutos.

 

Serviço:

Coro da UFPR – “Requiem de Dvořák”

Data: 6 a 9 de dezembro (quarta a sábado)

Horário: 20h30

Local: Teatro da Reitoria

Entrada gratuita

 

Téssera Companhia de Dança da UFPR – “Aquela que é”

 

A Téssera Companhia de Dança da UFPR apresenta “Aquela que é”, com concepção e coreografia de Juliana Virtuoso.
A coreógrafa, que com esse espetáculo faz sua estreia à frente da Companhia, apresenta uma obra coreográfica que expõe o universo feminino, trazendo à cena a mulher, plena, livre, senhora de seu corpo e sua mente.
Com direção artística de Rafael Pacheco, trilha sonora de Helen de Aguiar, iluminação de Luiz Carlos Tschannerl e um elenco de 21 artistas, a coreografia exibe a essência feminina como fonte de energia vital, detentora de força, generosidade e sensibilidade.
Aquela que é mostra a mulher, seu posicionamento no mundo, sua existência, identidade e significado, que se confirmam ao criar, manter, continuar. O espetáculo será apresentado entre os dias 29 de novembro e 03 de dezembro (quarta a domingo), sempre às 21h00, no Teatro da Reitoria, com entrada gratuita.

 

Serviço:

Data: 29 de novembro a 03 de dezembro (quarta a domingo)
Horário: 21h00
Local: Teatro da Reitoria – Rua XV de Novembro, 1299
Classificação: Livre
Ingresso: Entrada Gratuita

 

Companhia de Teatro Palavração da UFPR – “Sociedade dos Ratos”

 

Amo Supremo, o líder dos Ratos, quer impedir que Ratazana e Rato de Esgoto disseminem ideias revolucionárias entre as cobaias do laboratório. Mas tudo fica complicado quando os subordinados responsáveis por conter os avanços da utopia dos esgotos são atrapalhados, dispersos e colocam seus desejos individuais acima de suas responsabilidades. Uma comédia crítica ao comportamento humano contemporâneo, usando o antropomorfismo para traçar paralelos entre humanos civilizados dos anos 2000 e ratos vivendo em um laboratório de experimentos.

 

Serviço:

Data: 23 de novembro a 02 de dezembro (quinta, sexta e sábado)
Horário: 20h30
Local: TEUNI-Teatro Experimental da UFPR - Prédio Histórico - 2º andar
Classificação: Recomendado para maiores de 12 anos
Ingresso: Entrada Gratuita

 

Madrigal da UFPR – “Cristo no Monte das Oliveiras” de Beethoven

 

O Madrigal da UFPR dedica-se ao estudo e exploração do espaço de Arte, impondo-se a cada etapa um desafio. Beethoven, em toda sua obra, deixa transparecer ser um Homem mergulhado na Beleza. É notório que na Nona Sinfonia, por exemplo, ele descreve uma Alegria transcendente e nos mostra onde ela é possível.
A obra deste concerto trata de um dos momentos de maior importância na História da Salvação, em que Cristo está prestes a se Imolar e se tornar, Ele mesmo, o Caminho da Reconciliação da criatura humana com seu Criador.
Tal como fez em sua Nona Sinfonia, Beethoven nos deixa seguros, por via da Estética, a visitar os mistérios que existem em nossa alma, levando-nos a um lugar dentro de nós mesmos em que impera a Paz, a Beleza e a Plenitude.
Somos gratos a Beethoven por partilhar conosco sua obra, que é sem dúvida a biografia de sua alma!

 

Serviço:

Data: 23, 24 e 25 de novembro (quinta a sábado)
Horário: 20h30
Local: Teatro da Reitoria - Rua XV de Novembro, 1299
Classificação: Livre
Ingresso: Leite longa vida ou em pó
Direção Artística: Alvaro Nadolny

 

grupo de mpb da UFPR

 

É PRECISO ESTAR ATENTO E FORTE – 50 anos de Tropicália

 

O espetáculo apresenta um recorte histórico que vai da produção musical da década de 60, como a Bossa Nova e a Jovem Guarda, passando pelas composições que efetivamente fizeram parte da Tropicália, até às reverberações que o movimento gerou na música popular brasileira. Para a temporada de 2017, “liberdade” é a palavra que define o Grupo de MPB da UFPR e dá o tom do nosso show. Nas relações entre cantores, músicos e colaboradores, há a confiança de quem se doa porque será recebido de braços abertos. Para além da liberdade estética, ao que se propunha originalmente a Tropicália, é a liberdade de um processo criativo horizontal e autogestionado que está sendo construída. Desse nosso desejo e vigor, desenha-se, então, um novo movimento, revisitado, e particularmente nosso, no qual É PRECISO ESTAR ATENTO E FORTE, sempre.

 

Serviço:

Datas: 16, 17, 18 e 19 de novembro de 2017

Horários: 20h30 (de quinta a sábado) e 19h (domingo)

Local: Teatro da Reitoria – Rua XV de Novembro, 1299 – Centro

Classificação: 14 anos

Direção musical: Cainã Alves

Direção cênica: Léo Moita

Entrada: gratuita

 

Coro e Madrigal da UFPR

 

“ORIGENS”

Nos dias 09, 10 e 11 de novembro, às 20h30, os integrantes do Coro e Madrigal da UFPR apresentam o recital de canto, percussão e piano “Origens”, um estudo sobre as raízes da própria musicalidade brasileira, inspirado pelos sons e nuances característicos da África.

 

Desde 1993, o Coro da UFPR vem desenvolvendo uma profunda pesquisa sobre a essência que percorre as veias musicais do Brasil, quando apresentou uma abordagem da religiosidade africana através da suíte inédita “Ifé bogbo ayê” de autoria de Mayumi Osato e arranjos de Álvaro Nadolny. Destacam-se ainda, a ópera “Zumbi Odara” de 1995, “Missa Terra Santa Cruz” de 2000, “Além disso” de 2004 - todas de autoria de Álvaro Nadolny, e libreto de Edson Luís de Oliveira (CEP – Colégio Estadual do Paraná). E em 2015, o recital “Terra Incógnita”, que trouxe músicas com temas indígenas, afro e brasileiros.

Em continuidade a esta busca, este novo trabalho tem como proposta principal refletir a respeito de nossas próprias origens, viajando por canções que exaltam a força, a fé e a esperança. Músicas tradicionais africanas como “Tshotsholoza”, “Mbube” e “N’kosi Sikelel’i Afrika” dão um tom mais que especial a este estudo artístico.

Com direção artística de Álvaro Nadolny, autoria, produção e direção de Cristian Pêgo, o projeto conta ainda com arranjos adicionais de Nando Lemos (Percussão), Hermes Drechsel (Piano), Cristian Pêgo (Vocais) e produção executiva de Ariane Souza.

 

Serviço:

ORIGENS – Recital de canto, percussão e piano

Data: 09, 10 e 11 de novembro

Horário: 20h30

Local: TEUNI (Teatro Experimental da UFPR) – Prédio Histórico da UFPR - Praça Santos Andrade, 50

Entrada: doação de leite (longa vida ou em pó) destinado ao Instituto Semeando a Paz

 

orquestra DA UFPR

 

Orquestra Filarmônica da UFPR & Tertúlia Vocal – “O Murmúrio Adivinhado”

Concerto comemorativo dos 500 anos da Reforma Protestante

 

Em comemoração aos 500 anos da Reforma, a Orquestra Filarmônica da UFPR, ao lado do Tertúlia Vocal (vinculado ao Coro & Madrigal da UFPR), apresenta o concerto “O murmúrio adivinhado”. Com obras que traduzem o espírito reformado, que aproxima os mundos católico e protestante e ecoa na própria música, o concerto vai apresentar peças históricas, como a Cantata BWV 80, de J. S. Bach e excertos da Sinfonia da Reforma de Mendelssohn, além de outras obras que traçam um paralelo direto com a canção “Castelo Forte”, composta por Martinho Lutero em 1529.
O concerto conta ainda com obras inéditas escritas pelo Núcleo de Compositores da Comunidade do Redentor, grupo dedicado à pesquisa e criação de música sacra contemporânea de concerto. As peças foram concebidas a partir dos poemas de Adélia Prado, buscando relembrar os princípios musicais e poéticos da reforma, contextualizados para o cenário atual.

Programa: Cantata BWV 80: Ein Feste Burg, J. S Bach
Mendelssohn | Reger | Stravinsky ||: Steuernagel :|| Berwig | Manrique | Fruhauf |
Poemas de Adélia Prado

 

Serviço:

Data: 8 de novembro de 2017
Horário: 19h30
Local: Catedral Metropolitana de Curitiba | Praça Tiradentes

Data: 9 de novembro de 2017
Horário: 20h00
Local: Comunidade do Redentor | Rua Trajano Reis, 199

Data: 10 e 11 de novembro de 2017
Horário: 20h00
Local: Teatro da Reitoria | Rua de XV de Novembro, 1299

Entrada Gratuita

 

 

A série “ Música no Teuni ”, que integra a série de música de câmara da Orquestra Filarmônica da UFPR, surgiu com o intuito de promover e incentivar os integrantes da Orquestra Filarmônica em seus trabalhos de música de câmara fora do âmbito da Orquestra. Os concertos desta temporada serão realizados nos dias 11 e 13 de outubro, às 19h00 e às 20h00, respectivamente, no Teatro Experimental da UFPR – TEUNI. O encerramento contará com a participação do Ensemble Móbile, grupo musical dedicado à performance de música contemporânea, com repertório na área instrumental e eletroacústica.

 

Serviço:

Série Música de Câmara | 2º Semestre

11 de outubro - 19h e
13 de outubro de 2017 - 20h

Teatro Experimental da UFPR - TEUNI
Pça. Santos Andrade, 50, 2º andar, Ala da Rua XV de Novembro

Entrada Franca

 

madrigal DA UFPR

 

O Madrigal da UFPR apresenta nos dias 5, 6 e 7 de outubro o concerto “O Eterno na Beleza”. A proposta do grupo para este espetáculo, que conta com a direção artística de Alvaro Nadolny, é explorar a beleza da vida, a experiência temporal do amor de que realmente somos feitos. As apresentações serão realizadas no Teatro da Reitoria, sempre às 20h30.

 

Serviço:

Madrigal da UFPR - “O Eterno na Beleza”

Direção Artística: Alvaro Nadolny

Datas: 5, 6 e 7 de outubro

Horário: 20h30

Local: Teatro da Reitoria (Rua XV de novembro, 1299 - Centro)

Entrada: Leite longa vida ou em pó

 

Companhia de Teatro Palavração UFPR

 

Arte para sensibilizar e transformar

Parceria entre performer e a Companhia de Teatro Palavração busca dar visibilidade aos moradores de rua

 

A performer M. Inês Hamann convidou os integrantes da Cia de Teatro Palavração, os alunos do Curso de Produção Cênica e os participantes dos Cursos de Extensão de Arte Dramática – Módulo I e II para realizarem a performance “Ninguém é Ninguém”, no dia 29 de setembro, às 18h30, nas ruas próximas à Praça Zacarias. O intuito da ação é sensibilizar os curitibanos quanto à situação dos moradores de rua da cidade: “A intenção é chamar a atenção dos transeuntes, mostrando para eles que as pessoas viventes em situação de risco, como os moradores de rua, não são invisíveis, como também o seu número é crescente na capital paranaense”, explicou M. Inês. A previsão é que aproximadamente 80 performers participem da mobilização que acontecerá no centro de Curitiba.

 

Serviço:

Encontro com os participantes:

Dia 28 de setembro - 14h00

 

Performance Niniguém é Ninguém

Dia: 29 de setembro

Horário: das 18h30 às 20h00

Local: Trav. Oliveira Bello e primeira quadra da Rua XV de Novembro.

 

Debates e Gravação de Depoimentos

Dia: 30 de setembro

Horário: 14h00

Local: TEUNI - Teatro Experimental da UFPR

 

grupo de mpb DA UFPR

 

As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas pelo e-mail: gmpb.ufpr@gmail.com

 

coro e madrigal DA UFPR

 

 

Todo dia um repertório diferente, escolhido pelos próprios cantores. Esta é a proposta da Mostra de Canto e Piano “De Voz para Vós", onde integrantes do Coro da UFPR e do Madrigal da UFPR compartilham com o público o resultado dos seus esforços de aprimoramento. Os concertos serão realizados nos dias 21, 22 e 23 de setembro, no Teatro da Reitoria, sempre às 20h30.

 

Serviço:

Mostra de Canto e Piano "De Voz para Vós"
Coro da UFPR e Madrigal da UFPR
Dias: 21, 22 e 23 de setembro

Horário: 20h30

Local: Teatro da Reitoria

Entrada: Leite Longa vida ou em pó

 

 

palavração cia de teatro DA UFPR


“Lilith”

 

"Lilith” Dois seres criados do barro, Lilith e Adão. Surgindo juntos para deslumbrar sensações e despertar consciência, mas quando os dois percebem o “Outro”, o “Desejo” da volta nunca será tranquilo. Um mito conspiratório que vem de tradições hebraicas, pergaminhos babilônicos e indícios de vestígios na Bíblia e que diz que na verdade estes seriam os dois humanos habitantes do paraíso bíblico, supostamente antes do surgimento de Eva, mulher gerada pela costela de Adão. O espetáculo Lilith tem em sua essência a Criação, portanto explora esta sensação em diversas dimensões possíveis no espectro artístico do ator criador. Neste trabalho, o ator não entra somente como um intérprete de uma dramaturgia, mas como um instrumento criador de sentido, por meio de seu corpo, voz e expressão.

 

Serviço:

Companhia de Teatro Palavração da UFPR – “Lilith”

Data: 11 e 12 de agosto

Horário: 20h30

Local: TEUNI – Teatro Experimental da UFPR

Entrada Gratuita

 

Data: 16 de agosto

Horário: 20h30

Local: Teatro da Reitoria

Entrada Gratuita

 

* Classificação: 14 anos Entrada Gratuita

 

coro DA UFPR

 

Requiem – W. A. Mozart

Neste espetáculo, o Coro da UFPR apresenta o Requiem de W. A. Mozart.
O desafio que o grupo se impõe, é encontrar a razão das dificuldades técnicas de realização e relacioná-las à profundidade do conteúdo que ilustram. Para tanto, os exercícios de concentração e interpretação são as principais ferramentas de estudo neste ano.

 

Serviço:

Direção Artística e Regência: Alvaro Nadolny
Regente Assistente: Felipe Biesek
Datas: 6 a 8 de Julho (quinta à sábado)
Horário: 20h30
Local: Teatro da Reitoria (Rua XV de novembro, 1299 - Centro)
Entrada: Leite longa vida ou em pó

https://www.facebook.com/events/1986660294903396

 

téssera companhia de dança DA UFPR

 

A Téssera Companhia de Dança da UFPR apresenta uma releitura de sua obra que teve estreia em 2016. A coreografia pesquisada e construída a partir de seis sintomas marcantes do maior transtorno psicossocial da atualidade – a depressão - revela em cena uma grande densidade interpretativa, despontando sentimentos contrastantes e alta carga emocional. Com direção e coreografia de Rafael Pacheco, trilha sonora de Helen de Aguiar e iluminação de Luis Tschannerl, Black Dog fica em cartaz no Teatro da Reitoria no mês de junho.

 

Serviço:

Data: 22 a 25 de junho (quinta a domingo)

Nome da atração: Téssera Companhia de Dança da UFPR – “Black Dog”

Horário: 21h00

Local: Teatro da Reitoria – Rua XV de Novembro, 1299

Classificação: Livre

Entrada Gratuita

 

madrigal DA UFPR

 

Espetáculo “Ora Pro Nobis”

Nessa temporada, o grupo procura sintonizar-se com a beleza que traz consigo plenitude e conforto, através do uso criterioso das ferramentas de percepção e imaginação.

 

Serviço:
“Ora Pro Nobis”

Data: 8 a 10 de Junho de 2017

Horário: 20h30

Local: Teatro da Reitoria – Rua XV de Novembro, 1299

Entrada gratuita

 

orquestra DA UFPR

 

IV Concurso Nacional de Composição Música Hoje
Resultado da Etapa Preliminar
cf. EDITAL N.º 5/2017 PROEC/UFPR

 

A Universidade Federal do Paraná, em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba/Instituto Curitiba de Arte e Cultura/Camerata Antiqua de Curitiba e a Bienal Música Hoje, torna público o resultado da Etapa Preliminar do IV Concurso Nacional de Composição Música Hoje, nos termos do EDITAL N.º 5/2017 PROEC/UFPR, publicado em 4 de Maio de 2017. A Comissão Julgadora, formada pela Profª. Dra. Roseane Yampolschi (Compositora, Departamento de Artes da Universidade Federal do Paraná) Prof. Dr. Felipe Ribeiro (Compositor, Escola de Música e Belas Artes do Paraná/Universidade Estadual do Paraná, Campus Curitiba I), e Alexandre Razera (Violista e Maestro, representante da Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba), selecionou três obras para a Etapa Final, que serão executadas pela Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba, sob regência de Márcio Steuernagel, nos dias 25 e 26 de Agosto de 2017, às 20h e18h30, respectivamente, na Capela Santa Maria - Espaço Cultural, como parte integrante da IV Bienal Música Hoje, com presença de Banca Julgadora.

 

As três obras finalistas selecionadas são, em ordem alfabética do sobrenome do compositor:

José Orlando ALVES– Concerto Grosso
Juan Santiago BEIS – la sed y el agua
Igor Coelho Arantes Santana MARQUES– Escenas

 

Os candidatos cujas obras foram selecionadas deverão enviar as partes orquestrais em PDF para o e-mail bienalmusicahoje@gmail.com, ou via SEDEX para:

 

VI CONCURSO NACIONAL DE COMPOSIÇÃO MÚSICA HOJE
Universidade Federal do Paraná
Coordenadoria da Cultura/Orquestra Filarmônica da Universidade Federal do Paraná
Travessa Alfredo Bufren, 130 – 3º Andar
CEP 80020-240 Curitiba - Paraná – Brasil
orquestra@ufpr.br (41) 3310-2640

 

A data limite para o recebimento das partes é 24 de Julho de 2017, sob pena de desclassificação. As demais obras, não selecionadas, ficarão disponíveis para serem retiradas pessoalmente pelos candidatos na Coordenadoria da Cultura da UFPR, pelo prazo de três meses, após o que serão destruídas, bem como a documentação enviada.

 

Curitiba, 10 de Julho de 2017

 

download do edital

 

 

EDITAL - Oficina Internacional de Composição Orquestral
A Orquestra Filarmônica da UFPR, em parceria com o Ensemble entreCompositores e a Bienal Música Hoje, divulga chamada para a Oficina Internacional de Composição Orquestral, dedicada ao aprimoramento da criação de música nova para orquestra.

 

RESULTADO - SELECTED COMPOSERS

 

 

download do edital

 

download da ficha de inscrição

 

Call for composers download

 

Application form download

 

SÉRIE DE MÚSICA DE CÂMARA DA ORQUESTRA FILARMÔNICA DA UFPR

 

A série “ Música no Teuni ” faz parte da série de música de câmara da Orquestra Filarmônica da UFPR. Como o próprio nome sugere, os concertos se realizam no Teatro Experimental da UFPR, o Teuni. Essa série surgiu com o intuito de promover e incentivar os integrantes da Orquestra Filarmônica em seus trabalhos de música de câmara fora do âmbito da orquestra. Os concertos do “Música no Teuni” acontecem duas vezes por ano. No primeiro semestre a série acontecerá nos dias 05, 07 e 08 de junho, tendo o Quarteto de Cordas da UFPR no concerto de abertura.

 

O Quarteto da UFPR, formado pelos músicos Rafael Ferronato, Dhiego Lima, Fabiane Nishimori e Shante Cabral, abrirá sua temporada 2017 no dia 05de junho na série de música de câmara do Teuni.
Nesse concerto o Quarteto terá uma participação especial do contrabaixista e professor do Departamento de Artes da UFPR, Francisco Azevedo.
Francisco Azevedo é doutor em performance de contrabaixo, mestre em música pela University of Georgia-EUA e licenciado em música pela Universidade Federal se Santa Maria (RS).
No repertório, o Quarteto apresentará o Quinteto Op.121 de Franz Lachner e “Meditação Sober o Coral de São Venceslau”, de Josef Suk.

 

Serviço
Dia 05 de Junho de 2017- Quarteto de Cordas da UFPR
Violinos: Rafael Ferronato e Dhiego Lima
Viola: Fabiane Ferronato
Violoncelo: Shante Cabral
Horário: 19:30
Local: Teuni-Praça Santos Andrade, 50, 2º andar, ala da Rua XV de Novembro, Centro
Entrada Franca

 

Dia 07 de junho de 2017- Concerto Barroco-Tributo à Johann Sebastian Bach
Violino: Matheus Prust
Violoncelo: Shante Cabral
Cravo: Douglas Amrine
Horário: 19:30
Local:Teuni- Praça Santos Andrade, 50, 2º andar, ala da Rua XV de Novembro, Centro
Entrada Franca

 

Dia 08 de junho de 2017- Quarteto Sine Nomine
Violino: Matheus Prust
Viola: Matheus Gadelha
Violoncelo: Maria Luiza Sprogis
Flauta Transversal: Silvia Rolim
Horário: 19:30
Local: Teuni- Praça Santos Andrade, 50, 2º andar, ala da Rua XV de Novembro, Centro
Entrada Franca

 

palavração cia de teatro DA UFPR

 

CICLO DE DEBATES

“UMA CURTA PASSAGEM COM MÁRIO BORTOLOTTO”

Os ensaios abertos terão a participação de convidados da área teatral e outros com interesse na sugestão de ideias acerca do temas que permeiam a montagem cênica. O texto Curta Passagem de Mário Bortolotto, que escreveu esta montagem como um "fechamento" de apontamentos a respeito de vários hábitos do homem contemporâneo e que de certo modo nos estudos dessa montagem a PalavrAção buscou referências nos conceitos relatados pelo sociólogo Baumann e sua denominação de Sociedade Líquida. Com um ar despojada a montagem e estudos das 4 cenas que compõem o Curta Passagem, empregamos um olhar rápido, colorido e sensualmente artificial na tentativa de liquidificar moralismos ou pré-conceitos estabelecidos. Nos ensaios abertos os atores mostram o que tem produzido e a cada cena o convidado poderá sugerir mudanças que serão experimentadas pelos atores em seguida. Após a cena ser representada com as mudanças os participantes farão um bate papo com os atores e convidados. Os resultados dos estudos anteriores e ensaios abertos serão apresentados ao público em duas cenas a cada dia e posterior a estas os convidados e elenco farão um bate papo sobre o processo de ensaio e montagem com o público. Os resultados dessa interação com diversos profissionais e público serão objeto de um documento final a ser compilado até o mês de dezembro, quando encerra esse ciclo de debates.

Convidados:

Belisa Evangelista – Arquiteta e Urbanista, especialista em Iluminação, Patrimônio Histórico e projetos contemporâneos

Felipe Carneiro – Graduando em Psicologia UFPR

Michele Louise Schiocchet – Professora Doutora do Curso de Licenciatura em Artes da UFPR Litoral

 

PROGRAMAÇÃO

30/05 - 20h - Ensaio aberto

Convidados: Felipe Carneiro e Belisa Evangelista

Bate papo e ajustes de cenas

 

31/05 - 20h - Ensaio aberto

Convidados: Belisa Evangelista

Bate papo e ajustes de cenas

 

01/06 - 20h

Apresentação de cenas:

Billy, A Garota

Garotas Apaixonadas Não Usam Aliança

Convidados: Felipe Carneiro e Belisa Evangelista

Impressões dos convidados, dos atores e do diretor

Bate papo

 

02/06 – 20h

Apresentação: Curta Passagem (4 pocket cenas)

- Billy, A Garota - Another Day

- Faz Frio na Varanda

- Garotas Apaixonadas Não Usam Aliança

Convidada: Profa Dra Michele Louise Schiocchet

Impressão da convidada, dos atores e do diretor

Bate papo

 

03/06 - 20h

Apresentação de cenas:

Another Day

Faz Frio na Varanda

Convidados: Belisa Evangelista

Impressão da convidada, dos atores e do diretor

Bate papo

 

Serviço:

Local: TEUNI-Teatro Experimental da UFPR Prédio Histórico - 2º Andar

ENTRADA GRATUITA

Retirar convite 30 minutos antes do início.

Agendamentos de grupo ou informações:

Email: palavracao@ufpr.br

(41) 3310-2736 (Terça a Sexta 19h às 22h)

Facebook: https://www.facebook.com/ciapalavracao/

 

ORQUESTRA FILARMÔNICA DA UFPR

 

mais forte é a sombra onde há muita luz

 

Em seu concerto de abertura da Temporada 2017, a Orquestra Filarmônica da UFPR traz o espírito do romantismo germânico, encarnado de forma diferente em três compositores e obras bastante distintos. No foco principal, representado por sua Sétima Sinfonia, está Beethoven, cujo papel ambíguo entre o classicismo vienense e o romantismo alemão encontra eco na figura literária de Goethe, tornando-se ambos pedra angular para mais de um século de romantismos. Mendelssohn traz o romantismo pleno com a Abertura das Hébridas, “A gruta de Fingal”. O compositor sueco Kurt Atterberg faz o contraponto com sua Suíte para Violino, Viola, e Orquestra de Cordas, trazendo o confronto entre modernidade e nostalgia romântica que marcou grande parte da esfera musical de influência germânica na primeira metade do século XX. Venha desfrutar os contrastes e ambiguidades deste espírito romântico, belamente expresso nas palavras de Goethe que dão nome ao concerto.

 

Serviço:

Orquestra Filarmônica da UFPR - “Mais forte é a sombra onde há muita luz - Wo viel Licht ist, ist starker Schatten”

Programa: Beethoven, Mendelssohn, Atterberg

Regência: Márcio Steuernagel

Data: 24 e 25 de maio de 2017

Horário: 20h00

Local: Teatro da Reitoria (Rua XV de Novembro, 1299)

Ingresso: Entrada Gratuita

 

EDITAL N.º 05/2017 PROEC/UFPR


IV Concurso Nacional de Composição Música Hoje
A Universidade Federal do Paraná, em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba/Instituto Curitiba de Arte e Cultura/Camerata Antiqua de Curitiba e a Bienal Música Hoje, torna público o Edital do IV Concurso Nacional de Composição Música Hoje, dedicado a fomentar a produção de música orquestral nova no Brasil.

 

download do edital

 

Coro da UFPR

 

Coração Sitiado

 

Sob a direção artística de Alvaro Nadolny, o Coro da UFPR apresenta o recital de música de câmara “Coração Sitiado”. O concerto será realizado no TEUNI, de 11 a 13 de maio, sempre às 20h30. Entrada gratuita. Soprano: Lívia Ribeiro Mezzo-Soprano: Daniele Franco Piano: Karina Gineste Direção artística: Alvaro Nadolny

 

Serviço:

Datas: 11 a 13 de maio (quinta à sábado)

Horário: 20h30

Local: TEUNI - Teatro Experimental da Universidade Federal do Paraná

(Praça Santos Andrade, 50, prédio histórico da UFPR - centro)

Entrada gratuita


Visite a Coordenadoria de Cultura da UFPR na rede social.

Pró-Reitor:
Prof. Dr. Leandro Franklin Gorsdorf

 

Trav. Alfredo Bufren, 140 - 3º Andar
curitiba - paraná - cep:80020-240
Fone: (41) 3310-2601
Fax: (41) 3310-2607
proec@ufpr.br


Problemas e/ou sugestões para com este Site encaminhe e-mail para unigraf@ufpr.br

PROEC 1990 - 2017 © todos os direitos reservados | desenvolvido por unigraf/proec e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR